A Praça D. Fernando. (Cidade de Lisboa)

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Praça D. Fernando em Lisboa. BPI colorido à mão
A Praça Afonso de Albuquerque foi noutros tempos denominada “praça Dom Fernando”, a norte dominada pelo palácio de Belém e a sul pelo “Cais de Belém”. Este cais foi mandado construir no tempo de D. João V e terminado pelo Marquês de Pombal. Nele embarcaram os Jesuítas expulsos em 1759, e o futuro D. João VI, a Família Real, e grande parte da corte numa numerosa esquadra, para o Brasil em 1807, aquando das invasões napoleónicas.
Em 1821, o mesmo cais serviu para o desembarque de D. João VI, o primeiro Rei Constitucional vindo do Brasil.
O palácio de Belém (a partir de 1910), antigo Paço Real, enquadra-se na praça abrangendo todo o lado norte. Anexo ao palácio encontra-se o Museu Nacional dos Coches, antigo picadeiro tornado museu por vontade da Rainha Dona Amélia. No centro encontra-se a estátua em honra do Vice-rei da Índia, que dá o nome à praça. A iniciativa de erigir este monumento deveu-se ao historiador Simão José da Luz Soriano que para esse fim lançou uma subscrição pública e legou 35 contos em testamento. Da autoria do escultor Costa Mota e do arquitecto Silva Pinto, foi inaugurada, no sítio do antigo coreto, em 3 de Outubro de 1902, na presença da Família Real.

Fontes:
- CML
- AML

0 comments

Publicar um comentário