Vista aérea do Porto em 1939. (Cidade do Porto)

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Clique nas imagens para as ampliar
Duas fotografia aéreas de duas zonas próximas entre si na cidade do Porto, do ano de 1939. Na imagem de cima, chamamos a especial atenção para o edifício rodeado por terreno ajardinado. Trata-se do actualmente extinto Palácio de Cristal já aqui abordado anteriormente e que foi demolido em 1951.
Na imagem de baixo vemos o rio Douro e sobressai o monumental edifício da Alfândega, em frente ao qual estão atracadas inúmeras embarcações
Vista aérea do coração da cidade. No canto superior esquerdo vemos a Praça da República, de onde parte a Rua Gonçalo Cristóvão, rua abaixo da qual, neste cliché, são visíveis as linhas do comboio que serviam a Estação da Trindade (actual Metro do Porto). O edifício da Câmara Municipal, no fundo da imagem, está ainda em construção. A Rua de Cima do Muro da Trindade, ainda existia, ao lado da Ordem.
Em baixo vemos uma vista sobre o demolido Palácio de Cristal e o rio Douro. Desconhecemos a data desta fotografia mas pensamos não se afastar muito das duas anteriores.
Um Biplano DH-82 Tiger Moth da Aeronáutica Militar a sobrevoar o Rio Douro entre Vila Nova de Gaia e o Porto 
Fonte: César Santos Silva  (Porto 24)
Vista panorâmica do Porto, tirada a bordo do "Graf Zepplin". Cliché de autor desconhecido
Vista geral da cidade, encontrando-se em construção o edifício da actual Câmara Municipal.
A seguir temos uma imagem (que acredito ser um pouco mais recente) pertencente ao arquivo da Foto Beleza.
Esta fotografia tem um sem número de curiosidades das quais vamos aqui abordar algumas:
No canto inferior direito vemos a Estação de S. Bento... como é perceptível na imagem, ainda existe casario naquela que viria a ser a avenida da ponte (acesso ao tabuleiro superior da ponte Luís I). No canto superior direito vemos a Torre dos Clérigos seguida da zona e jardim da Cordoaria, atrás das árvores ainda existe o Mercado do Peixe, onde viria a ser o Palácio da Justiça. No lado direito da Torre e Igreja dos Clérigos vemos o extinto Mercado do Anjo. A Alfandega apresenta uma enorme quantidade de embarcações atracadas...
Vista aérea da zona escolar, residencial e comercial de Cedofeita.
Vemos do Colégio Moderno (n.º 767-829, Norte), na Rua do Barão de Forrester, ao Liceu Rodrigues de Freitas (Sudoeste), na Praça Pedro Nunes. Identificando-se além destes dois edifícios, a Tutoria Central da Infância do Porto (na Quinta das Águas Férreas, n.º 5), na Rua do Melo; a linha do caminho de ferro do Porto à Póvoa e Famalicão; o Grande Colégio Universal (n.º 28), na Avenida da Boavista; a Serralharia civil Arnaldo Teixeira Fernandes (n.º 44), na Rua de Oliveira Monteiro; a empresa de materiais de construção de Manuel de Oliveira Marques (n.º 761), e a Garagem Ribeirinho (n.º 732), na Rua Barão de Forrester; a Casa onde viveu Oliveira Martins (n.º 39), na Rua das Águas Férreas; a Junta de Freguesia de Cedofeita (n.º 16), na Praça Pedro Nunes; o Hospital de Crianças Maria Pia (n.º 827); o Colégio de Nossa Senhora da Conceição (n.º 637) e a Fábrica de Tubos de Chumbo da Boavista (n.º 347), na Rua da Boavista; o Colégio Filipa de Vilhena (n.º 19) e o Instituto Académico Portuense (n.º 25), na Rua de Santa Isabel; o Instituto de Surdos Mudos Araújo Porto (n.º 55), na Rua Joaquim de Vasconcelos; a Igreja românica de Cedofeita, no Largo do Priorado; a Casa da Colegiada de Cedofeita (n.º 215), a Faculdade de Farmácia, a Fábrica de artigos de metal A Artística (n.º 158), a Escola primária do sexo masculino n.º 71 e a Biblioteca Popular n.º 2 (n.º 247 edifícios desaparecidos), na Rua Aníbal Cunha; a Empresa H. Vaultier & Cª (n.º 56), e a Fábrica de cartonagem Manuel Monteiro, Ltd. (n.º 38), na Travessa da Figueiroa; a Fábrica de alpergatas Castelo (n.º 23) e a Garagem de Álvares Cabral (n.º 37), na Rua de Álvares Cabral; e a 12.ª esquadra da Polícia de Segurança Pública (n.º 439), na Rua de Cedofeita.
Lordelo do Ouro (Cliché de baixo) numa vista aérea de 1939. Repare-se no cemitério (canto superior direito) rodeado por campos de cultura. Um pouco mais abaixo, após o cruzamento com a actual rua do Campo Alegre, vemos a igreja de Lordelo, à frente da qual, passa a rua das Condominhas, tudo inserido num contexto fortemente rural.
Fotografia aérea da zona ribeirinha, residencial e rural de Lordelo do Ouro (1939-40). Desde o bairro de Casas Económicas das Condominhas (Nordeste), ao Rio Douro (Sul). Identificando-se, o Bairro Operário de Lordelo do Ouro, na Rua da Granja de Lordelo; a central de Sobreiras, na Rua das Sobreiras; a capela de Nossa Senhora da Ajuda, na Rua com o mesmo nome; a Capela de Santa Catarina, rodeada de artérias com pequenos aglomerados habitacionais, no Largo de Santa Catarina; a Manutenção Militar e o Estaleiro, na Rua do Ouro.
Finalmente, uma vista aérea da praça 9 de Abril (conhecida como jardim de Arca d`Água) obtida também em 1939. Deixamos ao leitor a missão de observar os pormenores e comparar com a actualidade.

Imagens:
- AMP (Arquivo Municipal do porto)
- Beleza
- Autores desconhecidos

0 comments

Enviar um comentário