Hospital Real de Santo António. (Cidade do Porto)

sábado, 5 de março de 2011


Hospital de Santo António (traseiras do edifício). Calótipo de Frederick William Flower
Prova actual em papel salgado, a partir de um Calótipo de Frederick William Flower
Iniciada a sua construção em 15 de Junho de 1779, o edifício actual veio substituir o antigo Hospital de D. Lopo na Rua das Flores.
O projecto inicial de John Carr contemplava um edifício quadrado de quatro fachadas mas, por falta de recursos, a Misericórdia alterou o projecto ficando então em forma de "U". Devido ao terreno pantanoso escolhido para a construção, tiveram de ser construídos alicerces fundos e largos, o que atrasou muito a conclusão da obra.
Este edifício é o maior do estilo neoclássico inglês construído fora do Reino Unido. O projecto inicial contava com 20.600 portas e janelas e 160 salas, o que originou os comentários críticos de que seria mais apropriado para um palácio do que para um hospital.
 Hospital geral de St.º António. Fachadas frontal e lateral
Hospital geral de St.º António em 1920 (BPI)
A fachada principal tem 177 metros de largura e cinco corpos distintos compostos por arcos plenos, arcos redondos, colunas dóricas e vários frontões triangulares.
No "descampado" que vemos em primeiro plano encontra-se hoje ocupado pelo novo edifício do Hospital construído já em 1993. Para dar resposta às novas necessidades da instituição, iniciou-se a construção dessa nova e moderna ala do hospital, no local onde deveria ter sido construída inicialmente a quarta fachada.

Fontes:
- CMP (Arquivos)
- HSA na base de dados SIPA do IHRU
- www.hgsa.pt

0 comments

Enviar um comentário