Sanatório Rodrigues Semide. (Cidade do Porto)

sábado, 19 de novembro de 2011

Manuel José Rodrigues Semide
Manuel José Rodrigues Semide, natural da freguesia de Semide, concelho de Miranda do Corvo, nasceu em 24 de Abril de 1825. Era filho de José Rodrigues Novo e D. Antónia Rodrigues da Conceição. Casou com Adelaide Augusta Pinto de Faria Semide e não teve descendentes.
Legou a sua fortuna à Santa Casa da Misericórdia do Porto para construção de um sanatório de doentes tuberculosos no Porto, quando a tuberculose era uma terrível enfermidade que, por todo o lado e todos os anos, fazia milhares de vítimas.
Faleceu em 1910. No entanto, a sua vontade só foi possível ser satisfeita dezasseis anos depois, não por incúria da Instituição, mas tão-somente pela instabilidade da época e, porque entretanto, se iniciara a 1.ª Grande Guerra.
Em 1976, o Sanatório Rodrigues Semide passou à administração do Estado, que o geriu até 1989.
Sanatório Rodrigues Semide
No ano lectivo de 1991/92, a Universidade Lusíada instalou-se na Quinta do Semide, onde funcionava o antigo Hospital Rodrigues Semide, local onde se encontra até hoje.
A Universidade viu-se obrigada a fazer remodelações ao longo dos anos, visto que o estado dos edifícios era muito precário.

0 comments

Enviar um comentário