Praça D. João I - Demolição do casario para abertura da mesma.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Demolição de edifícios para a abertura da Praça D. João I, na cidade do Porto.
Clique nas imagens para as ampliar
Quem passa pela Praça D. João I no coração do Porto, provavelmente nem  lhe ocorrerá sequer que este local já foi um sitio de quarteirões fechados, constituídos por edifícios seculares, pelos quais serpenteavam algumas vielas hoje inexistentes como a antiga Viela da Neta "tortuoso e imundo caminho que (até aos finais do século XIX) ligava a Rua do Bonjardim ao sítio do Bolhão". 
Da antiquíssima Viela da Neta, hoje praticamente extinta, resta um pequeníssimo troço, que presentemente está encerrado ao público. Trata-se da Travessa da Rua Formosa (onde ficava a "Casa Forte") que ligava a rua Sá da Bandeira à Rua Formosa. Esperando este quarteirão completo por umas obras que incluem habitações, lojas e um parque de estacionamento, deduzimos que brevemente a Travessa da Rua Formosa desaparecerá, extinguindo-se desta forma o que resta da antiquíssima Viela da Neta.
Demolições na zona da futura Praça D. João I no centro da cidade do Porto
Demolições na zona da futura Praça D. João I no centro da cidade do Porto 
Destaca-se o edifício da Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto e a rua do Bonjardim
Vista das demolições a partir da rua de Sá da Bandeira. É perfeitamente visível o Teatro Rivoli
 Praça D. João I, nos anos 50 . Note-se que ainda não estão presentes as Estátuas Equestres do Mestre João Fragoso, colocadas nos pedestais em 1960
Praça D. João I. Arquivos: Foto Beleza

0 comments

Enviar um comentário