Avenida de Carreiros. (Porto)

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A Avenida de Carreiros, era uma via de ligação entre a Foz do Douro e Bouças (Matosinhos). 
Foi a partir de 1775 que surgiu com as designações de Carreiro d`Ipia, Carreiro Mau, Molhe de Carreiros, (o Molhe, foi projectado em 1838 e construído em 1884) ou mais tarde Avenida de Carreiros, devido à sua crescente importância, dado que foi justamente a abertura da estrada (avenida), em 1864,  que permitiu a construção dos primeiros «chalets» e casas mais importantes. Após a implantação da República, mudaram-lhe o nome para Avenida Brasil. Na década de 1920, construiu-se a Pérgola e a balaustrada e entre 1929 e 1930, seria electrificada a zona do Molhe.
Avenida de Carreiros, actual Avenida Brasil
 Antigo acesso ao Molhe de Carreiros
 O eléctrico na Avenida de Carreiros, na Foz. (1900-1910)
Forte S. Francisco Xavier, vulgo, Castelo do Queijo, na actual Praça de Gonçalves Zarco
Prova actual em papel salgado, obtida a partir de um calótipo, com autoria atribuída a 
Frederick William Flower, 1849-1859
Foz do Douro - A rua Senhora da Luz. Destacando-se as casas comerciais, Sapataria Tito Barbosa (Depósito de Calçado) e a Nova Casa Central
Eléctrico na Rua Senhora da Luz, c. 1910

Imagens:
- Phot.ª Guedes
- Repositório Temático da U. P.
- Frederick William Flower
- CMP

0 comments

Enviar um comentário