Escola Primária de Cedofeita. (Porto)

domingo, 2 de novembro de 2014

Escola Primária de Cedofeita (demolida)
O edifício onde funcionou a Escola Primária de Cedofeita, localizava-se no espaço compreendido entre a velha igreja românica de Cedofeita e o edifício, onde por muitos anos funcionou a Faculdade de Farmácia. A escola era um grande e sólido edifício em granito, composto por cave, rés-do-chão e 1.º andar.
 Igreja de Cedofeita , vendo-se a demolida escola, em segundo plano
 A escola em segundo plano, na esquerda da imagem. Na direita a Faculdade de Farmácia
As imagens traduzem algo que contraria o senso comum. Apesar das grandes obras de restauro realizadas pelo Estado Novo, na recuperação da igreja românica, nos anos 30, tenham tido dimensões surpreendentes no local, não foram as causadoras do derrube da escola, que como muitos habitantes desta zona sabem, funcionaria ainda na década de 50. A explicação para a demolição do edifício está relacionada com o Plano Auzelle, que incluía a reestruturação dos edifícios do Ensino Primário (obviamente com a total demolição de alguns). A isto, talvez não seja demais somar o interesse e a grande necessidade que havia em alargar as ruas envolventes a este edifício.
 Vista geral da igreja. Em segundo plano vemos a escola e a faculdade

Imagens:
- AMP
- BMP

4 comentários

Andei nesta Escola de Cedofeita no ano de 1954,na 4ª classe o Professor era o Senhor Monteiro; mas ainda recordo os Prof. Gaspar,Existia duas entradas independentes para rapazes e para meninas.Bons tempos recordar é viver!!

18 de maio de 2016 às 19:38
João Porto disse...

Frequentei esta escola entre 1958 e 1961. Recordo-me do Professor Valério, da pobreza de alguns colegas vindos de uma ilha da Rua de Cedofeita e dos padres de batina que visitavam a Escola ao Sábado. João Prata. 21 de Junho de 2016

21 de junho de 2016 às 09:41
João Porto disse...

Frequentei esta Escola durante os quatro anos da instrução primária entre 1958 e 1961. Recordo-me do Professor Valério, da pobreza de alguns colegas vindos das ilhas da Rua de Cedofeita e dos padres de batina que visitavam a Escola ao Sábado.

21 de junho de 2016 às 09:50
alberto jorge disse...

Lembro-me dos Profs. Monteiro, do Valério, do Malafaia. Andei lá em 57/58.

8 de novembro de 2017 às 17:34

Enviar um comentário