O edifício mais estreito da cidade do Porto.

sábado, 4 de abril de 2015

aqui falamos da desaparecida Travessa do Carmo, publicação que, aconselhamos ser consultada pelos leitores que ainda não tiveram tal oportunidade. Por solicitação dos próprios leitores, vamos abordar agora um item local que não desapareceu. Está bem presente e é considerado o edifício de habitação, mais estreito da cidade do Porto (talvez até do país).
Igrejas dos Carmelitas (esquerda) e Carmo (direita) 
Entre as duas igrejas fica o "edifício mais estreito do Porto"
Clique na imagem para ampliar. Cliché de Alexandre Silva
Entre estas duas igrejas existe a casa mais estreita da cidade do Porto, habitada por muito tempo pelo sacristão e sineiro do Carmo.
Porto - Egrejas do Carmo (BPI)

Imagens:
- Alexandre Silva
- BPI (digitalização)

6 comentários

João Menéres disse...

Por estranho que pareça, NUNCA, MAS NUNCA ! tinha reparado !
Tão estreito que sempre o associei a uma das igrejas !
Agradeço, caro Alexandre Silva, a sua chamada de atenção.
Um dia, muito útil me será esta "preciosidade" !

Foi um OVO DE PÁSCOA bem recebido, pode crer.

Feliz e Santa Páscoa.

4 de abril de 2015 às 21:51
José Venade disse...

Obrigado por me dar a conhecer esta preciosidade. Não é necessário muito para se ser feliz

11 de abril de 2015 às 12:38
Administrador disse...

Em representação deste espaço, agradecemos e retribuímos os cumprimentos.

12 de abril de 2015 às 18:19
António João disse...

Nenhuma igreja podia ter paredes meias com outra. É esta a razão

21 de setembro de 2015 às 19:33
Luisa Leandro disse...

Parabéns e obrigada pelo excelente trabalho com que nos presenteia todos os dias.A titulo de curiosidade quero dizer que conheço bem esse edificio por dentro, pois a filha do sacristão na época-anos 6o- era minha amiga, o Pai para além de sacristão e sineiro, fazia graxa para os sapatos que depois vendia aos engraxadores que havia nos cafés da baixa, a minha amiga entregava as encomendas e eu acompanhava-a. Já lá vão alguns anos ...

8 de julho de 2017 às 08:34

Enviar um comentário