Mercado da Praça da Figueira. (Lisboa)

quarta-feira, 9 de maio de 2012

O mercado da Praça da Figueira, em Lisboa, foi construído no local antes ocupado pelo Hospital de Todos os Santos, destruído pelo terramoto de 1755 e igualmente abordado neste blogue. 
O mercado inicialmente foi concebido como uma simples praça tradicional ao ar livre, chamava-se então Horta do Hospital. 
Posteriormente o nome foi alterado para Praça das Ervas, Praça Nova e, finalmente, para Praça da Figueira. Com o tempo tempo, foi sofrendo algumas alterações consoante as necessidades da população. Assim, em 1835, é arborizado e iluminado, em 1849 foi-lhe colocado uma cerca gradeada, coberta e com 8 portas.
Em 1882 foi aprovado o projecto da nova praça. Em 1883 o velho mercado foi demolido.
O novo mercado inaugurado em 1885 apresentava quatro cúpulas, três naves e uma área de 8000 metros quadrados permanecendo assim durante 64 anos após os quais se procedeu à sua demolição definitiva.
Depois da sua demolição ocorrida em 1949, restou apenas um espaço rodeado de edifícios simples e equilibrados, de onde se tem uma boa perspectiva do Castelo de S. Jorge.
Em 1971, é inaugurada no centro da praça a estátua equestre de D. João I (Mestre de Avis), da autoria de Leopoldo de Almeida e Jorge Segurado.
Clique nas imagens para as ampliar
Aspectos do demolido mercado
Mercado da Praça da Figueira. BPI colorido à mão

Pormenor interior do extinto Mercado da Praça da Figueira
Mercado da Praça da Figueira

Em baixo vemos já a lamentável demolição do Mercado da Praça da Figueira em 1949, numa fotografia do AML 




Fontes:
- CML
- BN
- Informação de leitores
Imagens:
- AML
- Mário Novais

0 comments

Enviar um comentário