Obeliscos da Quinta da Prelada. (Porto)

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Os dois obeliscos com 12,6 metros de altura que actualmente se encontram no Jardim do Passeio Alegre (Foz) são os mesmo que originalmente se encontravam à entrada da Quinta da Prelada, tendo sido idealizados por Nicolau Nasoni, quando no século XVIII projectou aquela quinta, com a respectiva residência, jardins e os outros elementos decorativo, para a família dos Noronhas e Meneses. 
Obelisco trabalhado integrado no muro de vedação da Quinta da Prelada em 1936
 Guilherme Bomfim Barreiros in AHMP
Robert C. Smith, o maior especialista da obra do célebre arquitecto toscano, na obra "Nicolau Nasoni - Arquitecto do Porto", descreve do seguinte modo estes monumentos, classificados como imóveis de interesse público em 22 de Março de 1938: 
"Estes esbeltos obeliscos assentes em bolas, segundo um motivo maneirista dos séculos XVI e XVII, terminando em torres de dois 'corpos' ou andares, tirados do brasão dos Noronhas. Na base dos obeliscos figura o anel de aliança dos Meneses, no meio de um pesado bloco, cujo perfil sugere o da imafronte da Capela de Fafiães. Por cima da cornija aparecem volutas típicas de Nasoni, formando uma peanha de corte prismático, como transição às esbeltas superfícies diagonais dos obeliscos, sensivelmente ajustadas para capturar expressivos efeitos de luz e sombra". 
Obeliscos da Quinta da Prelada, integrados no muro de vedação da 
mesma e voltados para a Rua dos Castelos em 1936
Obeliscos de Nasoni na Foz. BPI
Os dois obeliscos projectados por Nicolau Nasoni, que marcam uma das entradas do jardim, foram trazidos para este local já no séc. XX.

2 comentários

Amilcar Alho disse...

Correcção: O local de implantação dos pelourinhos era na Rua da Prelada onde actualmente se encontra o supermercado Continente.

30 de abril de 2018 às 13:48
Administrador disse...

Muito possível, até porque a primeira rua é uma continuação da segunda, ou vice-versa, no entanto tivemos de nos basear nos dados oficiais, podendo os mesmo não serem exactos. De qualquer forma, a Quinta da Prelada abrangia toda esta zona.

2 de maio de 2018 às 23:20

Enviar um comentário