A Capela de Santo Amaro. (Matosinhos)

domingo, 25 de outubro de 2009

Faltam documentos sobre a data da construção e sua verdadeira história.
A Capela de Santo Amaro era de construção moderna e é provável que, primitivamente, fosse mais pequena, talvez de dimensões semelhantes às outras capelas de Matosinhos, umas ainda existentes, outras já demolidas.
Capela de Santo Amaro. 
Festas ao Mártir S. Sebastião possivelmente nos anos 30 do século XX
Capela de Santo Amaro (fotos net)
Depois, foi consideravelmente aumentada, enriquecendo-se com vários altares e imagens, pertencentes às capelas desaparecidas. Assim, quando desapareceu a Capela de Santa Luzia, que existia no fim da actual Rua Cardeal D. Américo, veio para Santo Amaro um altar e uma imagem de Santa Luzia, quando se destruiu a Capela de Santa Ana, para aformoseamento do lugar onde hoje passa a Avenida Afonso Henriques, antiga Avenida Vitória, veio outro altar e a imagem de Santa Ana, quando se abateu a Capela de Nossa Senhora de Porto Salvo, que ficava defronte da Fonte dos Dois Amigos, veio a imagem de Santa Rita, e, enfim, quando foi sacrificada a Capela do Livramento, em Leça da Palmeira, para embelezamento da entrada da Ponte de Pedra, veio a imagem de Nossa Senhora do Livramento, com a qual continuava a haver grande devoção.
 Capela de Santo Amaro no seu local de origem
Os padroeiros eram Santo Amaro, que se encontrava num nicho, do lado da Epistola, e Nossa Senhora da Esperança, e o padroeiro da classe piscatória é São Sebastião, cuja ima­gem se encontrava no altar de Santa Teresinha que era de grande devoção dos pescadores.

Noticias da demolição
16 de Novembro de 1947
Começou a mudança dos altares e imagens para o salão do antigo Casino de Matosinhos, na Rua Roberto Ivens, que foi adaptado especialmente para tal fim, posto à disposição pelo Senhor Adão Polónia.
Nota: A Câmara Municipal de Matosinhos adquiriu, imagens , retábulo e altares, banqueta, crucifixos, quadros, sanefas em castanho, capela, madeiras, escadas de acesso, etc, pertence da Capela Santo Amaro. Peritos atribuíram a tudo o valor de 85.700$00
18 de Novembro de 1947
Dentro de breves dias vai ser demolida a antiga capela Santo Amaro
9 de Dezembro de 1947
Iniciou-se a demolição da antiga capela de Santo Amaro, dada a grande urgência que há em ter no mais curto prazo o terreno livre para a construção do Mercado Municipal.
Fachada reedificada
27 de Junho de 2009, pelas 11 horas
Eis que ao fim de 62 anos após a sua demolição se ergue a fachada, que ficará para sempre na memória de todos, depois de muitos alertas de várias pessoas para as pedras da respectiva capela se encontrarem abandonadas e esquecidas na Quinta da Conceição a Câmara de Matosinhos em boa hora concretizou o desejo de muitos matosinhenses, na figura de seu Presidente, dr Guilherme Pinto e do persistente e empenhado vereador Fernando Rocha, e sua dinâmica equipa do Pelouro da Cultura.

Imagens:
- Fotos net
- BPI, digitalização
- Autores desconhecidos

0 comments

Publicar um comentário