Aljube Eclesiástico. (Porto)

terça-feira, 12 de maio de 2015

Na Rua de S. Sebastião, ergueu-se o Aljube Eclesiástico. 
O Aljube Eclesiástico foi fundado em edifícios doados para o efeito, por D. Jerónimo de Távora, Deão do Cabido da Sé do Porto. 
Aljube Eclesiástico. Note-se a Fonte do Pelicano, mais tarde removida para o Terreiro da Sé. Cliché da Phot.ª Guedes
Era uma construção do século XVIII (1749), que veio substituir o antigo Aljube Eclesiástico existente perto do Arco de Vandoma. 
A parte superior do edifício funcionava como Aljube, mas o piso térreo era para arrendamento. Mais tarde o edifício seria cadeia civil e em 1865 criaram no local uma secção, para recolha de mulheres da vida ou «vagabundas». 
Aljube Eclesiástico - BPI - Editor - Arnaldo Soares
Cerca de uma década mais tarde, instalou-se no local um «asilo de rapazes». O local seria totalmente desactivado nos anos 20 do século XX, sendo actualmente propriedade particular.

0 comments

Enviar um comentário