Restaurante "Le Chien Qui Fume", "O Cão Que Fuma".

domingo, 13 de fevereiro de 2022

"O Cão Que Fuma"
Imagem in caoquefuma.com
O restaurante "Le Chien Qui Fume", em português "O Cão Que Fuma", abriu as suas portas, em 1943, na rua do Almada, n° 405, no Porto. Na fachada do edifício, destacava-se a caricata figura de um cão a fumar cachimbo. O restaurante terá sido fundado por um casal francês e teria tido diversos proprietários até 1990, quando foi adquirido por António Teixeira, que além de proprietário era também chefe de cozinha.
"O Cão que Fuma". Imagem in lifecooler.com

Era um restaurante, alojado em um edifício secular, com decoração simples, a pender para o rústico e com uma ementa dedicada à cozinha internacional.
Interior do restaurante. Imagem in cms.infoportugal.info
Infelizmente o conhecido restaurante fechou definitivamente, durante a recente crise pandémica e segundo algumas informações fornecidas ao blogue MONUMENTOS DESAPARECIDOS, a mítica figura do "Cão Que Fuma", terá sido retirada da fachada e estaria à venda num antiquário. 

Segunda Fonte da Rua do Almada.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

Manuel António de Araújo, comerciante de destaque na cidade, ofereceu-se para subsidiar a construção de uma nova fonte, em 1787, impondo a condição de que lhe fosse concedida metade da água do cano, proveniente de Paranhos, que passava junto à sua propriedade, em Santo Ovídio.

Segunda Fonte da Rua do Almada. J. Bahia Junior, 1909

A fonte foi assim por ele mandada construir, sob inspecção do Senado, seguindo um risco que lhe foi entregue, ficando também a ser o responsável, por mandar edificar o respectivo aqueduto e suportando essa despesa. 

Citando J. Bahia Junior:

“A segunda Fonte da Rua do Almada está situada defronte do prédio n.° 460, sendo mettida no meio de dois prédios que parecem terem sido construídos pela mesma occasião da fonte. E', como a anterior, marcada também pelo triangulo negro …A sua nascente é proximo da rua de Liceiras e o tanque, como o da anterior, vem até ao alinhamento das casas, mas é de menores dimensões.”

A fonte e o aqueduto foram concluídos em 1790. Posteriormente desmontada, a fonte encontra-se actualmente, na Rua do Heroísmo, no jardim do edifício que alberga o Museu Militar do Porto.


Primeira Fonte da Rua do Almada.

A Primeira Fonte da Rua do Almada, estaria localizada mesmo em frente do n.° 242 dessa rua e terá sido inaugurada no ano de 1795, debitando 3 anéis e 6 penas de água. Era abastecida pelo manancial existente sob o Campo da Regeneração (Praça da República), que servia também vários poços privados.

A Primeira Fonte da Rua do Almada
J. Bahia Júnior, 1909


Citando J. Bahia Junior:
“A primeira Fonte da Rua do Almada fica defronte do prédio n.° 242 e tem uma só bica a meio de um grande tanque que vem até ao alinhamento das casas.
Tem a sua nascente proximo do Largo da Picaria e no seu frontespicio está marcada com o respectivo triangulo negro, tendo superiormente as armas reaes.”